guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
bancos de dados
serviços
núcleo de ação educativa | material de apoio aos professores | visitação | acessibilidade | galeria de fotos

O Núcleo de Ação Educativa da Casa Guilherme de Almeida elabora e realiza oficinas baseadas na produção do poeta e no acervo do museu, dirigidas a um público de visitação agendada, que inclui alunos de escolas privadas e públicas.  Dessas oficinas derivam materiais de apoio ao professor em sala de aula, a fim de que ele possa realizar a atividade proposta, potencialmente enriquecedora do programa curricular por ele ministrado.

Bingo literário

Este material tem a finalidade de servir de apoio a professores de língua portuguesa e outros educadores, de modo a propiciar um momento de fruição literária em aulas que incluam a abordagem de poemas, para alunos de diversas faixas etárias.

Pesca e poesia

Este material tem a finalidade de servir de apoio a professores de língua portuguesa e outros educadores, de modo a propiciar um momento de fruição literária em aulas que incluam a abordagem de poemas, para alunos de diversas faixas etárias.

Cosmópolis

São propostas atividades relacionadas à exposição “Cosmópolis: São Paulo, Resumo do Mundo”, realizada pela Casa em 2012, a serem utilizadas por professores em trabalhos que integrem diversas áreas do conhecimento.

Fantoches do meio-dia

Este material provém de oficina – inspirada no álbum Fantoches da meia-noite (1922), de Di Cavalcanti –, cujo objetivo é a produção de fantoches que representem personagens da vida urbana observados ao meio-dia.

Do texto à imagem

Com base em oficina que envolve leitura de textos de Guilherme de Almeida, é sugerido um trabalho interdisciplinar envolvendo a realização de desenhos por alunos dos ensinos Fundamental II e Médio.

HAIKAI: a poesia-síntese

O material servirá de base para que professores de Língua Portuguesa proponham a seus alunos a leitura e a criação de haikais, modalidade de poesia tradicional japonesa muito praticada no Brasil.

Cafezinho

Material educativo que refere-se à oficina “Café”, cujo objetivo é a produção, pelos participantes, de poemas inspirados na letra da canção “Cafezinho” –, de autoria de Guilherme de Almeida. Utilizando materiais de apoio (grãos de café e música), é feita uma sensibilização dos participantes, para facilitar um levantamento de palavras e ideias correlatas a essa temática a serem utilizadas na produção de um poema sobre o café.

Disse o Dicionário

Atividade que permite pensar sobre os sentidos denotativos e conotativos de palavras existentes em dicionários e presentes em poemas escolhidos, com o objetivo de que os participantes criem significados particulares de palavras do cotidiano.

Guarda-chuva de poemas

O intuito desta proposta é que o material sirva como ferramenta lúdica de leitura e fruição de poemas selecionados.

Cartões postais: uma viagem imagética e textual

Embora seja considerado, hoje, um meio antigo de correspondência, o cartão postal ainda é utilizado como modo de recordar e compartilhar momentos e sentimentos com pessoas que estão distantes. Com base nesse meio de comunicação, elaboramos um material educativo que poderá ser utilizado em sala de aula com alunos de diversas idades.

Narrativas imaginadas

Esta atividade baseia-se no livro O fantasma lambão, de Wilhelm Busch, na tradução de Guilherme de Almeida. A proposta é apreciar coletivamente elementos textuais, imagéticos e auditivos da obra, de modo a aproximar a imaginação dos participantes da narrativa original.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU

Visitação: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.
Atividades culturais e educativas: de terça a sexta-feira, das 19h às 21h, e aos finais de semana, das 10h às 19h
(consultar programação).

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
CENTRO DE ESTUDOS DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

55 11 3673-1883 | 3803-8525 | casaguilhermedealmeida@gmail.com
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: R. Cardoso de Almeida, 1943 | CEP 01251-001 | São Paulo

POIESIS
POIESIS
PORTAL DA TRANSPARÊNCIA ESTADUAL
OUVIDORIA