guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
biblioteca
serviços

Professor de Jerusalém discute limites da tradução em livro que será lançado no Anexo

Autor vem ao Brasil para falar sobre a manipulação na tradução, que para ele pode ser considerada um “mal necessário” ou uma “felix culpa”

Em seu famoso livro After Babel (Depois de Babel), o filósofo francês George Steiner afirma que as traduções literárias ou poéticas são, em grande parte, inadequadas. O livro Tradução como manipulação, de Cyril Aslanov, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém, coeditado pela Casa Guilherme de Almeida e pela Editora Perspectiva, procura demonstrar que – apesar da constatação de Steiner – a manipulação operada na maior parte das traduções pode reduzir essa inadequação.

O lançamento do livro será precedido por uma palestra, na qual o autor – com vários livros sobre tradução e línguas em contato e vindo ao Brasil especialmente para o evento – explicará por que a tradução como manipulação pode ser considerada um “mal necessário” ou uma felix culpa. A Casa Guilherme de Almeida pertence à Secretaria de Estado da Cultura e é gerenciada pela organização social POIESIS.

Cyril Aslanov nasceu em Paris em 1964. Estudou na École Normale Supérieure da Rue d’Ulm, em Paris; na Université de Paris IV-Sorbonne, onde defendeu o seu doutorado em 1992, e na Université de Paris VII, onde obteve sua habilitação em 2001. Ensina Linguística das Línguas Românicas na Universidade Hebraica de Jerusalém e é membro da Academia da Língua Hebraica.

Aslanov publicou vários livros sobre tradução e línguas em contato: Pour comprendre la Bible: la leçon d’André Chouraqui (Mônaco, 1999); Le provençal des Juifs et l’hébreu en Provence: le dictionnaire Šaršot ha-Kesef de Joseph Caspi (Louvain-Paris, 2001); Evidence of Francophony in Medieval Levant: Decipherment and Interpretation (MS. BnF. Copte 43) (Jerusalém, 2006); Le français au Levant, jadis et naguère: à la recherche d’une langue perdue (Paris, 2006); Parlons grec moderne (Paris, 2008); Sociolingüística histórica de las lenguas judías (Buenos Aires, 2008).

EXPOSIÇÃO - A POÉTICA DAS RUAS Funcionamento de carnaval Casa Guilherme de Almeida consolida primeiro centro de estudos de tradução literária no Brasil
PROGRAMA CONTINUADO: INTELECÇÃO DE TEXTOS EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS Coordenadora do Centro de Estudos de Tradução literária realiza palestra no 17º Encontro de Férias Horário especial de final de ano
voltar
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU

Visitação: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.
Atividades culturais e educativas: de terça a sexta-feira, das 19h às 21h, e aos finais de semana, das 10h às 19h
(consultar programação).

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
CENTRO DE ESTUDOS DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

55 11 3673-1883 | 3803-8525 | casaguilhermedealmeida@gmail.com
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: R. Cardoso de Almeida, 1943 | CEP 01251-001 | São Paulo

POIESIS
POIESIS
PORTAL DA TRANSPARÊNCIA ESTADUAL
www.transparencia.sp.gov.br