guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
biblioteca
serviços

BLOOMSDAY 2016 – 29ª EDIÇÃO EM SÃO PAULO (11 e 16/06)

Coordenação do programa: Marcelo Tápia e Ivan de Campos

Colaboração: Donny Correia

 

50 ANOS DE ULYSSES NO BRASIL

 

A celebração deste ano – em que se completam 50 anos da publicação, no Brasil, da primeira tradução em língua portuguesa do romance Ulysses, de James Joyce, realizada por Antônio Houaiss – focalizará não só a tradução pioneira como contará com palestra do responsável pela terceira versão brasileira do livro, Caetano W. Galindo, que autografará sua mais recente obra, Sim, eu digo sim – Uma visita guiada ao Ulysses de James Joyce, a ser lançada, na ocasião, pela Companhia das Letras.

 

 

A 29ª edição do Bloomsday em São Paulo – organizada pelo Museu Casa Guilherme de Almeida – Centro de Estudos de Tradução Literária acontece, como sempre, no dia 16 de junho. A programação, bastante diversificada, será realizada no espaço Anexo da Casa Guilherme de Almeida. O evento é coordenado por Marcelo Tápia e Ivan de Campos.

 

O Bloomsday homenageia o escritor irlandês James Joyce, criador de Ulysses, um dos marcos da história da literatura mundial. A comemoração conta com breves palestras, leituras, apresentações musicais e teatrais. A data de sua realização (16 de junho) é o dia em que transcorre a ação do romance, cujo personagem central, Leopold Bloom, perambula por Dublin nesse mesmo dia, em 1904.

Comemorado em diversas cidades do mundo, como Londres, Dublin e Nova York, o evento foi criado em São Paulo, em 1988, por Haroldo de Campos, que participou de sua organização até seu falecimento, em 2003. O Bloomsday paulistano inspirou outras cidades brasileiras. Hoje, o evento acontece em cidades como Florianópolis (SC), Santa Maria (RS), Rio de Janeiro, Belo Horizonte (MG) e Porto Alegre (RS), entre outras. Este ano o evento em São Paulo fará conexão, via internet, com o organizador da celebração em Santa Maria (RS), Aguinaldo Severino, em torno da homenagem à primeira tradução brasileira de Ulysses.

 

 

O Bloomsday 2016 – ano em que surge o recém-publicado livro Sim, eu digo simUma visita guiada de James Joyce, de Caetano W. Galindo – responsável pela mais recente tradução de Ulysses, lançada em 2012, ambos os trabalhos pela Companhia das Letras – sediará o lançamento dessa obra, e contará com uma breve palestra do autor sobre ela e sobre as traduções brasileiras do romance. O tema central do programa serão os 50 anos da chegada de Ulysses ao Brasil, que aqui aportou por meio da tradução do filólogo Antônio Houaiss, primeira em língua portuguesa. Assim, o programa incluirá breves comentários, por diversos participantes, sobre a tradução pioneira (entre as três existentes, hoje, no país) e com leitura de alguns fragmentos do texto.

 

Também será evocado o poeta, ensaísta e tradutor Haroldo de Campos, criador do Bloomsday em São Paulo, por meio de uma leitura dramática de sua peça teatral, inédita, A legenda de um cálice. O evento contará com a participação de atores e músicos, encerrando-se com uma apresentação vibrante de música instrumental irlandesa. Clique aqui para ver o programa completo.

 

O evento conta com o apoio do Consulado Geral da Irlanda em São Paulo e da Companhia das Letras.

 

Data: 16 de junho, quinta-feira, a partir das 18h30.

Local: Casa Guilherme de Almeida – Anexo

            Rua Cardoso de Almeida, 1943 – Pacaembu, São Paulo

 

 

Outras atividades integrantes da comemoração do Bloomsday, na Casa Guilherme de Almeida

 

 

 

O Museu Casa Guilherme de Almeida – Centro de Estudos de Tradução Literária é uma instituição da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo administrado pela POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura.

EXPOSIÇÃO - A POÉTICA DAS RUAS Casa Guilherme de Almeida consolida primeiro centro de estudos de tradução literária no Brasil Funcionamento de carnaval
PROGRAMA CONTINUADO: INTELECÇÃO DE TEXTOS EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS Coordenadora do Centro de Estudos de Tradução literária realiza palestra no 17º Encontro de Férias Horário especial de final de ano
voltar
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU

Visitação: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.
Atividades culturais e educativas: de terça a sexta-feira, das 19h às 21h, e aos finais de semana, das 10h às 19h
(consultar programação).

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
CENTRO DE ESTUDOS DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

55 11 3673-1883 | 3803-8525 | casaguilhermedealmeida@gmail.com
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: R. Cardoso de Almeida, 1943 | CEP 01251-001 | São Paulo

POIESIS
POIESIS
PORTAL DA TRANSPARÊNCIA ESTADUAL
OUVIDORIA