guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
bancos de dados
serviços

Evento Especial



JORNADA DE ESTUDOS DA LITERATURA ITALIANA TRADUZIDA

24 de Outubro de 2014 | 09h às 19h
Por Grupo de Estudos da Literatura Italiana Traduzida

 

PROGRAMAÇÃO
(Veja a programação de todos os dias da Jornada clicando aqui)
As inscrições para as mesas do dia 24/10 serão abertas no dia e local do evento. Os inscritos receberão certificados de participação.

Abertura – 09h00 (chegada e recepção)


Conferência de abertura: 9h30 às 10h30
TRADUÇÃO E REESCRITURA: BREVES VISITAS AO HADES E AO INFERNO por Marcelo Tápia


Comunicações:

1ª Mesa - 10:30h às 12:30h - POESIA E PROSA: TRADUÇÃO E RECEPÇÃO

Poesia italiana traduzida no Brasil após 1950 por Lucia Wataghin - Professora Doutora Letras Italiano FFLCH/USP (Mediadora).

Eugenio Montale: o poeta-tradutor por Égide Guareschi – Doutoranda UFSC.

A recepção de Ungaretti no Brasil após sua morte por Laura Fiore Ferreira – Graduanda Letras Italiano FFLCH/USP.

Un´ avanguardia per tutti: la poesia concreta brasiliana e le avanguardie poetiche italiane negli anni ´60 e ´70 por Maria Gloria Vinci – Doutoranda FFLCH/USP.

A narrativa de Antonio Tabucchi traduzida no Brasil por Erica Salatini - Doutoranda FFLCH/USP.



Intervalo do almoço – 12:30h às 14:00h



2ª Mesa – 14:00h às 15:30h – LITERATURA, CRÍTICA E HISTÓRIA

Osservazioni sul ruolo delle traduzioni portoghesi nella diffusione della critica pasoliniana in Brasile por Gesualdo Maffia – Doutorando FFLCH/USP. (Mediador)

Croce no Brasil, da indigência da publicização à amplitude do debate sobre literatura, arte e história por Danilo Adolfo Quincozes Morales - Doutor em Teoria Literária e Literatura Comparada FFLCH/USP.

Uma questão partigiana: variações na tradução para o português da obra Una questione privata de Beppe Fenoglio por Leonardo Rossi Bianconi – Mestre Teoria Literária UFSC.

As fontes de pesquisa para o estudo da recepção de Natalia Ginzburg no Brasil – Nas páginas dos jornais (1960-2010) por Josilene Vieira - Bacharel em Letras Italiana UFSC/ Aluna especial FFLCH/USP.

Il Fu Mattia Pascal de Pirandello: A (in)visibilidade na tradução para o português por Joseni Terezinha Frainer Pasqualine – Doutoranda UFSC.



3ª Mesa – 15:30h às 17:00h – CLÁSSICOS REVISITADOS

Os clássicos italianos revisitados pelos quadrinhos da Editora Abril Cultural por Silvana de Gaspari – Professora Doutora Letras Italiano UFSC. (Mediadora)

As dificuldades de traduzir os nomes dos personagens nas obras de Geronimo Stilton por Ana Caroline Guimarães Cunha e Lívia Ferrari Simões - Graduandas Letras Italiano FFLCH/USP.

“Il giallo”: o percurso da literatura policial italiana no Brasil por Felipe Aparecido Fermino – Graduando Letras FFLCH/USP.

A tradução da literatura fantasy italiana pela editora Rocco por Ana Luiza Leite Bado – Graduanda Letras Italiano UFSC.

Quem conta um conto aumenta um ponto: Papini e as antologias por Aline Fogaça dos Santos Reis e Silva - Doutoranda FFLCH/USP.



Intervalo para café – 15 minutos



4ª Mesa – 17:15h às 19:00h – EDITORAS E PRODUÇÃO EDITORIAL

Letteratura italiana in Brasile: possibili ricerche por Sara Debenedetti – Doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada FFLCH/USP. (Mediadora)

A maleabilidade das editoras brasileiras sob o panorama da literatura italiana traduzidapor Lucas de Sousa Serafim – Mestrando UFSC.

A marca do estrangeiro na história editorial da livraria do Globo: das personalidades ao texto literáriopor Arivane Augusta Chiarelotto – Doutoranda UFSC.

Coleções da Saraiva e a divulgação da literatura italiana por Bruna Brito Soares – Mestranda UFSC.

As antologias como resgate da literatura italiana traduzida: uma análise de dados e tipologias textuais por Mariana Cristine Almeida – Bacharel em Letras Italiano FFLCH/USP.



Encerramento – 19h

 

 

 

 

Aline Fogaça dos Santos Reis e Silva é graduada em Letras – Português/Italiano pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, com intercâmbio de estudos na Università degli Studi di Perugia, possui mestrado em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é doutoranda em Língua, Literatura e Cultura Italiana pela Universidade de São Paulo, e membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Ana Caroline Guimarães Cunha é graduanda em Letras/Italiano na Universidade de São Paulo e membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Ana Luiza Leite Bado é graduanda do curso de Língua e Literatura Italiana na Universidade Federal de Santa Catarina.

Arivane Augusta Chiarelotto é Licenciada em Pedagogia pela Universidade do Oeste de Santa Catarina, Bacharel em Letras - Língua e Literatura Italiana pela Universidade Federal de Santa Catarina, possui Mestrado em Educação e em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina, onde atualmente é Doutoranda em Literatura. É membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo Universidade Federal de Santa Catarina.

Bruna Brito possui graduação em Letras-língua Italiana e Literaturas pela Universidade Federal de Santa Catarina, onde atualmente é mestranda em Literatura.

Danilo Adolfo Quincozes Morales possui Doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo.

Égide Guareschi possui graduação em Letras Português e Literaturas pela Universidade Federal de Santa Maria, graduação em Letras Língua e Literatura Italiana e mestrado em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina, onde atualmente é doutoranda do curso de Pós-Graduação em Literatura. É docente da Universidade Tecnológica Federal do Paraná e participa do projeto Dicionário Bibliográfico da Literatura Italiana Traduzida no Brasil - USP/UFSC.

Erica Arapecida Salatini possui graduação em Letras Português/Italiano e Mestrado em Letras Língua e Literatura Italiana pela Universidade de São Paulo, onde atualmente desenvolve pesquisa de doutorado sobre literatura italiana contemporânea. Participa do grupo de pesquisa Literatura Italiana Traduzida, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Felipe Aparecido Fermino é graduando em Letras na Universidade de São Paulo e membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Gesualdo Maffia possui graduação (Laurea Magistrale): em História pela Università degli Studi di Torino, Facoltà di Lettere e Filosofia, Doutorado em História Contemporânea pela Università degli Studi di Genova. Atualmente é Doutorando em Letras, Língua, Literatura e Cultura Italianas na Universidade de São Paulo. É membro do grupoLiteratura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Joseni Terezinha Frainer Pasqualine possui mestrado em Teoria Literária pela Universidade Federal de Santa Catarina, onde atualmente é Doutoranda em Literatura. É membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Josilene Vieira possui graduação em Letras-língua Italiana e Literaturas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é aluna especial do programa de Pós Graduação - Língua, Literatura e Cultura Italianas na Universidade de São Paulo e aluna do Programa Formativo Para Tradutores Literários da Casa Guilherme de Almeida. Participa do grupo de pesquisa Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Laura Fiore Ferreira é graduanda em Letras/Italiano na Universidade de São Paulo e membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Leonardo Rossi Bianconi possui graduação em História Licenciatura pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho - FCL - Assis e Mestrado em Teoria Literária pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina. É membro do grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Lívia Ferrari Simões é graduanda em Letras/Italiano na Universidade de São Paulo e membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo Universidade Federal de Santa Catarina.

Lucas de Sousa Serafim possui graduação em Letras pela Universidade Estadual Paulista. Atualmente éMestrando no Programa de Pós-graduação em Literatura Universidade Federal de Santa Catarina.

Lucia Wataghin é licenciada em Lingue e Letterature Straniere Moderne pela Università degli Studi di Genova, Mestre em Língua e Literatura Italiana e Doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada, além de livre-docente, onde atualmente leciona na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. É uma das coordenadoras do Grupo de pesquisa Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Maria Gloria Vinci é formada em Letras modernas e em Filosofia pela Universidade “La Sapienza” de Roma, possui mestrado em Língua, Literatura e Cultura italianas pela Universidade de São Paulo, onde atualmente é doutoranda.

Mariana Cristine Almeida possui graduação em Letras/Italiano pela Universidade de São Paulo e atualmente é membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e Universidade Federal de Santa Catarina.

Sara Debenedetti graduou-se em Filosofia na Faculdade de Letras e Filosofia da Università degli Studi di Torino. É mestre em Língua e Literatura Italianas e doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo. É membro do Grupo Literatura Italiana Traduzida no Brasil, promovido pela Universidade de São Paulo e pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Silvana de Gaspari graduada em Letras Português/Italiano pela UNESP-Araraquara, possui mestrado em Literatura Italiana pela Universidade de São Paulo e doutorado em Teoria Literária pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é professora do curso de letras italiano e chefe do departamento de língua e literatura estrangeiras na Universidade Federal de Santa Catarina.

 

voltar
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Agendamento de visita (grupos): 55 11 3672-1391 | 3868-4128
Visitação: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.
Atividades culturais e educativas: de terça a sexta-feira, das 19h às 21h, e aos finais de semana, das 10h às 19h
(consultar programação).

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
CENTRO DE ESTUDOS DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

55 11 3673-1883 | 3803-8525 | contato@casaguilhermedealmeida.org.br
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: R. Cardoso de Almeida, 1943 | CEP 01251-001 | São Paulo

OUVIDORIA