guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
bancos de dados
serviços

Palestra



O NÓ DA TRADUÇÃO EM FILOSOFIA: ATÉ ONDE SE PODE SER LITERAL?

06 de Abril de 2017 | 19h às 21h
Por Márcio Suzuki

(Centro de Estudos de Tradução Literária)

Como parte da Semana de Língua Alemã, promovida pelas representações diplomáticas da Alemanha, da Áustria e da Suíça no Brasil, esta palestra trata de um dos problemas centrais da tradução de textos filosóficos: a literalidade. O que fazer para solucionar casos de conceitos que muitas vezes não encontram correspondentes exatos em português: adaptação, neologismo ou invenção? Além disso, como a filosofia está baseada em argumentação, pode-se alterar a sintaxe do texto original, ou esta deve ser preservada? Até onde é possível manter a estrutura lógica da língua estrangeira? A exposição recorrerá a exemplos concretos, tirados de Kant, Schelling, Nietzsche e Freud.

Grátis.

Esta atividade poderá contar como crédito de horas para o Programa Formativo para Tradutores Literários.



Márcio Suzuki
é professor de estética do Departamento de Filosofia da USP. Traduziu obras do idealismo e romantismo alemão, além de Edmund Husserl e Thomas Mann.

voltar
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU

Visitação: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.
Atividades culturais e educativas: de terça a sexta-feira, das 19h às 21h, e aos finais de semana, das 10h às 19h
(consultar programação).

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
CENTRO DE ESTUDOS DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

55 11 3673-1883 | 3803-8525 | casaguilhermedealmeida@gmail.com
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: R. Cardoso de Almeida, 1943 | CEP 01251-001 | São Paulo

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA ESTADUAL
OUVIDORIA