guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
bancos de dados
serviços

Palestra



Uma poética antropofágica do traduzir: a experiência oswaldiana como tradutor

19 de Outubro de 2018 | 19h às 21h
Por Edgar Rosa Vieira Filho

ANTROPOFAGIA E TRADUÇÃO

Neste ciclo de palestras, os ministrantes partem do conceito de antropofagia de Oswald de Andrade e avaliam a sua relevância para os estudos da tradução literária, abordando o tema de perspectivas distintas.


Uma poética antropofágica do traduzir: a experiência oswaldiana como tradutor

A relação entre a metáfora modernista da "antropofagia" e o fenômeno da tradução literária será tema nesta palestra. Pretende-se rastrear a questão desde a conceituação por Oswald de Andrade, em 1928, passando por sua primeira associação ao fenômeno da tradução, realizada pelo poeta e tradutor Augusto de Campos em Verso, reverso, controverso (1978), até elaboração crítico-reflexiva realizada pelas pesquisadoras Eneida Maria de Sousa (1985) e Else Ribeiro Pires Vieira (1990) e os estudos sobre perspectivismo e xamanismo ameríndios associados à prática tradutória em Helena Martins (2012) e Álvaro Faleiros (2013).

Para fazer inscrição, clique aqui

Esta atividade poderá contar como crédito de horas para o Programa Formativo para Tradutores Literários.

Grátis

 

 

Edgar Rosa Vieira Filho possui graduação em Letras - Língua Inglesa, Língua Portuguesa e suas Literaturas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2013), e Mestrado em Literatura e Crítica Literária, com foco em Tradução Literária e Estudos da Tradução pela mesma instituição (2017). Atualmente está inscrito no programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês da Universidade de São Paulo, onde dá continuidade à pesquisa empreendida no Mestrado. Atuou como docente no departamento de Inglês da Associação Alumni (2010-2018) e da Faculdade Paulus de Comunicação (2016). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Estrangeiras Modernas, Estudos da Tradução e Tradução Literária.

voltar
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Agendamento de visita (grupos): 55 11 3672-1391 | 3868-4128
Visitação: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.
Atividades culturais e educativas: de terça a sexta-feira, das 19h às 21h, e aos finais de semana, das 10h às 19h
(consultar programação).

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
CENTRO DE ESTUDOS DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

55 11 3673-1883 | 3803-8525 | contato@casaguilhermedealmeida.org.br
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: R. Cardoso de Almeida, 1943 | CEP 01251-001 | São Paulo

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA ESTADUAL
OUVIDORIA