guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
bancos de dados
serviços

Evento Especial



GUILHERME DE ALMEIDA EM CENA

22 de Julho de 2021 | 19h às 21h

De 22 a 24 de julho, quinta-feira a sábado
Horários: quinta e sexta, das 19h às 21h; sábado, das 11h às 18h

A cada ano, no mês de nascimento e morte de Guilherme de Almeida (1890-1969), o museu que leva seu nome presta tributo ao poeta por meio de um programa especial de atividades, que reúne palestras, leituras e apresentações relacionadas à sua obra, buscando mostrar a pluralidade de sua atuação.


Programa:

Quinta-feira, 22 de julho


19h Palestra de abertura do evento: “Guilherme de Almeida e a Semana de Arte Moderna de 1922”, com Marcelo Tápia.

20h Pré-lançamento do livro O canto metálico da cigarra – Tributo ao poeta Guilherme de Almeida, de Maria Heloísa Martins Dias. Uma conversa com a autora, que fará comentários sobre a obra, seguidos de leituras de poemas de Guilherme.


Sexta-feira, 23 de julho

19h
Palestra: “Histórias, imagens e versos: Wilhelm Busch traduzido por Guilherme de Almeida”, com Simone Homem de Mello.

20h Palestra: “Guilherme de Almeida e a poesia bucólica”, com Érico Nogueira.


Sábado, 24 de julho

11h Palestra: "Pelas livrarias: a São Paulo literária de Guilherme de Almeida", com Marlene Laky.

14h Conversa: “Victor Brecheret na coleção de Guilherme de Almeida: Sóror Dolorosa”, com Alexandra Rocha e Ivanei da Silva.

15h Palestra: “Guilherme de Almeida e o teatro”, com Renata Cazarini.

16h Apresentação: “Um fragmento do poema dramático “Narciso (A flor que foi um homem)”, de Guilherme de Almeida, com Fernanda Assef e Grupo de Pesquisa Teatral da Casa Guilherme de Almeida.

16h30 Debate “Luzes da cidade, de Charles Chaplin, visto pelo crítico de cinema Guilherme de Almeida”, com Donny Correia e Lívia Nonato.



Para realizar sua inscrição, clique aqui

Os encontros serão realizados online, através da plataforma Zoom.

Grátis

 

 

 

Alexandra Rocha: Coordenadora dos núcleos educativos da Rede de Museus-Casas Literários de S. Paulo.  Bacharel em Artes Plásticas pela ECA-USP (1998), atua em arte-educação e coordenação artístico-pedagógica há 21 anos em museus e espaços culturais em São Paulo, como CEU, Fábrica de Cultura e Caixa Cultural São Paulo, além de ministrar aulas e cursos para professores, educadores e outros públicos.

Donny Correia é mestre e doutor em estética e história da arte pela USP e crítico de cinema. Também é escritor e poeta, tendo publicado, entre outros, "Corpocárcere" (2013) e "Zero nas Veias" (2015). Em 2013, tornou-se o primeiro brasileiro a ter um poema selecionado pela NASA para ser enviado a Marte a bordo da sonda MAVEN. Publica ensaios e resenhas em periódicos como O Estado de S. PauloFolha de S.Paulo e Psicologia em foco (PUC-PR). Também atua como professor de História e Linguagem do Cinema em instituições diversas como FMU, Academia Internacional de Cinema e Sesc. Em 2016 publicou, pela editora Unesp, Cinematographos de Guilherme de Almeida – antologia da crítica cinematográfica. Sua obra mais recente, publicada em 2018, é Cinefilia crônica: comentários sobre o filme de invenção.

Érico Nogueira é poeta, tradutor e professor de Língua e Literatura Latinas na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Entre poesia, ensaio e ficção, suas publicações incluem O Livro de Scardanelli (vencedor do Prêmio MG de Literatura de 2008), Dois (finalista do Prêmio Jabuti de 2011), Poesia Bovina (finalista do Prêmio Jabuti de 2015),Quase Poética (2017) e Contra um Bicho da Terra tão Pequeno (2018).  

Fernanda Assef é atriz, poeta, escritora e jornalista. Formada na Universidade Metodista, cursou pós-graduação em Direção Teatral pela Escola Superior de Artes Célia Helena e MBA em Bens Culturais – Gestão, Economia e Marketing em Cultura pela Fundação Getúlio Vargas. Estudou ainda na The Lee Strasberg Theatre & Film Institute e foi aluna ouvinte no Cours Florent em Paris. Trabalhou com grandes nomes da cena teatral paulista e participa de diversos coletivos de teatro e performance.

Ivanei da Silva: Museólogo pela UniRio, é mestre em Memória Social e Documentos pela mesma instituição. Atuou em diversos projetos de produção, conservação e montagem de exposições e, atualmente, trabalha na Poiesis – Instituto de Apoio à Língua, à Cultura, e à Literatura, atuando como museólogo da Rede de Museus-Casas Literários de são Paulo, que inclui a Casa das Rosas, a Casa Guilherme de Almeida e a Casa Mário de Andrade.

Lívia Nonato é doutoranda em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, mestra em Letras com pesquisa sobre linguagens artísticas e suas especificidades pela Universidade Estadual de Londrina – UEL, e fez aperfeiçoamento profissional em Gestão Cultural pelo Centro de Pesquisa e Formação – Sesc/SP. Atua no campo cultural há 16 anos, buscando aliar a pesquisa acadêmica às realizações práticas. Atualmente, é Coordenadora de Programação Cultural da Rede Museus-Casas Literários de São Paulo, formada por Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade, instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de S. Paulo geridas pela Poiesis – Organização Social de Cultura.

Marcelo Tápia: Poeta, tradutor, ensaísta e professor, é graduado em Letras (Português e Grego), doutor em Teoria Literária e Literatura Comparada,onde também realizou pós-doutorado em Letras Clássicas. Éprofessor do LETRA – Programa de Pós-Graduação em Letras Estrangeiras e Tradução da FFLCH-USP.Dedicado a estudos acerca de museus-casas, preservação e produção de memória, é diretor da Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo,formada por Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade, instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de S. Paulo.

Maria Heloísa Martins Dias possui graduação em Letras Vernáculas pela Universidade de São Paulo (1976), mestrado em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1986), doutorado em Letras (Literatura Portuguesa) pela Universidade de São Paulo (1992) e pós-doutorado pela Universidade Nova de Lisboa (2002). Atualmente é Livre Docente (MS-5) da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Portuguesa e Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: metalinguagem, narrativa contemporânea, intertextualidade, estudos comparados e poéticas da modernidade.

Marlene Laky é jornalista pela PUC-CAMP e conservadora-restauradora formada pelo SENAI. Ministrou diversas oficinas sobre conservação de livros em instituições como ECA-USP, Casa das Rosas e Casa Guilherme de Almeida, onde trabalha atualmente.

Renata Cazarini de Freitas é professora de língua e literatura latinas na Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói. É pesquisadora de textos teatrais da Antiguidade e sua recepção contemporânea. É doutora e mestra em Letras Clássicas pela USP. Especialista em Estudos Clássicos pela UnB. Cursou o Programa Formativo para Tradutores Literários da Casa Guilherme de Almeida. Pesquisa o teatro de Guilherme de Almeida desde 2016. 

Simone Homem de Mello é poeta e tradutora literária. Escreveu libretti para as óperas Orpheus Kristall (Munique, 2002), Keine Stille außer der des Windes (Bremen, 2007), UBU – eine musikalische Groteske (Gelsenkirchen, 2012). Seus poemas em português estão reunidos nos livros Périplos (2005), Extravio Marinho (2010), Terminal, à Escrita (2015) e em antologias brasileiras e estrangeiras de poesia contemporânea. Como tradutora, dedica-se especialmente à poesia moderna e contemporânea de língua alemã (Arno Holz, Paul Celan, Thomas Kling, entre outros) e à obra do escritor austríaco Peter Handke.

voltar
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU
Agendamento de visita (grupos): 55 11 3672-1391 | 3868-4128
Visitação: Quarta a domingo, das 12h às 16h

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
CENTRO DE ESTUDOS DE TRADUÇÃO LITERÁRIA

55 11 3673-1883 | 3803-8525 | contato@casaguilhermedealmeida.org.br
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: R. Cardoso de Almeida, 1943 | CEP 01251-001 | São Paulo

OUVIDORIA