guilherme
programação
museu
educativo
tradução literária
cinema
publicações
bancos de dados
serviços

Evento Especial



COSMÓPOLIS – FESTIVAL DE MIL E UMA LÍNGUAS

20 de Abril de 2024 | 14h

Falares e cantares de povos errantes

 

Com Klezmer Kabaret, Mirindju Mano Glowers e Vitsa Ramanush

 

Inspirado no retrato das comunidades estrangeiras na São Paulo da década de 1920 pelo cronista Guilherme de Almeida, o festival dedica sua primeira edição a povos originariamente errantes, nômades ou seminômades. Os ritmos e as prosódias dos judeus falantes de iídiche em seu trânsito até a Europa Oriental, o rap engajado da reconquista Guarani e de sua defesa dos territórios originários e a mistura emblemática da música cigana em romanês compõem o repertório do festival deste ano.

 

No intervalo entre os shows, o público poderá visitar o museu Casa Guilherme de Almeida.

 

Inscrições até 20/4. Para se inscrever, clique aqui.

 

Essa atividade faz parte do ciclo "De Babel a Cosmópolis". Clique aqui para conferir o programa completo. 

 

Grátis.

 

Klezmer Kabaret é um quarteto que se propõe a misturar instrumentos tradicionais da música Klezmer com instrumentos da percussão árabe, explorando as interseções que já existem em estado potencial no gênero, através de canções e instrumentais. É formado por quatro jovens estudantes: Pedro Zatz, acordeonista e estudante de Psicologia, Antonio Arantes, percussionista e estudante de Letras, Marina Cartum, cantora e estudante de audiovisual, e Alex Parke, clarinetista e etnomusicólogo.

 

Mirindju Mano Glowers, originário do povo Guarani-Mbya, é rapper e produtor, ARTivista da Terra Indígena Jaraguá e guardião da Nhe'ery Mata Atlântica.

 

Vitsa Ramanush é um grupo pioneiro de world music cigana no Brasil. Com apresentações realizadas em festivais internacionais na Europa, já compartilhou seu talento em países como Eslováquia, África, França e Espanha, dividindo o palco com os maiores nomes da música tradicional cigana tais como Esma Redzpova (Sérvia), Karavan Familia (Hungria), Romanca (Polônia), Superstar Orkestar (Estolcomo), Katjusha Kozubek (Berlim), entre outros. 

 

Integrantes:

Nicolas Ramanush, voz principal e violão base, apresentou-se em 2010 e 2012 no International Gypsy Fest, na Eslováquia, na Espanha e na França. Apresentou-se no lançamento do filme Gerônimo, de Toni Gatlif. É autor da trilha sonora do filme Terra de Ciganos, líder e fundador do grupo Vitsa Ramanush.

Ingrid Ramanush, backing vocal, estudou teoria musical na Escola Vera Alice Gradoff e é idealizadora do projeto musical Romani Rota, que aborda a música tradicional cigana do Leste Europeu. Ela também é fundadora do grupo Vitsa Ramanush.

Leandro Hoehne, acordeonista, é formado pelo curso de Comunicação e Artes do Corpo pela PUC-SP (2006) e por escolas de circo. Também trabalha como arte-educador. Integra o Vitsa Ramanush desde 2013.

Rogério Loebel, percussionista e backing vocal, é ator, baterista e percussionista autodidata. Atualmente, integra o Vitsa Ramanush como cajonista e compõe dois grupos teatrais na bateria e percussão.

Denis Rudah, violonista solo, é formado em Violão Erudito pela FASCS e possui Licenciatura em Música e Bacharelado em Canto Popular pela FIAM-FAAM. Além de ser educador musical, é violonista e faz parte do Vitsa Ramanush desde 2014.

voltar
Visitação e agendamento para grupos
55 11 3672-1391 | 3868-4128
educativo@casaguilhermedealmeida.org.br
Programação cultural: 55 11 4096-9801
contato@casaguilhermedealmeida.org.br

CASA GUILHERME DE ALMEIDA
R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h às 18h

MAPA DO SITE

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.
Consulte sobre os Cookies e a Política de Privacidade para obter mais informações.

ACEITAR